aís mais afetado pelo Covid-19 em toda Europa, a Itália está em alerta máximo. Dados divulgados pela Proteção Civil mostram que até o último domingo (15) foram registradas 368 novas mortes, muitas delas registradas no obituário do L?Eco di Bergamo, um dos principais jornais da região da Lombardia, a primeira a entrar em quarentena, com mais de 11 mil casos positivos até o momento.

No dia 13 de março, a publicação, que habitualmente dedicava 1 página e meia para noticiar a morte da população local, imprimiu nada menos que 10 páginas, o que mostra um pouco da situação alarmante vivida em toda a bota. Nas redes sociais, o sentimento é de comoção. ” Por favor#fiquememcasa e mostrem isto a todos os que vos tentem dizer que a Covid-19 é apenas como uma gripe”, pediu uma internauta.

Na semana passada, a Organização Mundial da Saúde passou a classificar o novo coronavírus como pandemia, algo que ocorre justamente quando uma doença infecciosa atinge um grande número de pessoas ao redor do mundo.

Fonte: SBT