Em Itanhandu, na tarde dessa quarta-feira (12), a Polícia Militar prendeu autores de um assalto a uma joalheria da cidade.
Durante o patrulhamento na área central, os militares avistaram um cidadão baixo e trajando roupa preta, saindo de uma joalheria empunhando um revólver.
O notar a presença policial o autor disparou duas vezes contra a equipe e um dos tiros acertou o capô da viatura. Em seguida um dos policiais notou que três autores saíram da joalheria.
Foi acionado o plano de cerco e bloqueio, momento em que a equipe de militares de Passa Quatro/MG deslocou para a MG 158, no Bairro Tronqueiras. Depois de certo tempo uma caminhonete GM/S10, com placa de Pindamonhangaba/SP, utilizada no assalto, percebeu o bloqueio policial e retornou sentido Itanhandu/MG, contudo foi abordada e logrado êxito em resgatar um empresário de 40 anos, vítima dos infratores, o qual relatou que foi sequestrado na mesma data no Distrito de Moreira César, município de Pindamonhangaba/SP.
O empresário disse que após retornarem do bloqueio, os bandidos entraram em um GM/Onix, de cor branca, do município de Passa Quatro, o qual era acompanhado por um Renault/Sandero, de cor prata, do município de São Paulo/SP e seguiram pela MG 158, sentido a Passa Quatro/MG.
Outra equipe de militares, após receberem as informações dos referidos veículos, conseguiram avista-los em alta velocidade e ao ordenar que parassem, eles quebraram o bloqueio e continuaram a fuga.
Após contato com a PM de São Paulo, os militares paulistas conseguiram abordar o Renault/Sandero no município de Cruzeiro/SP e prenderam um jovem de 28 anos e uma mulher de 56 anos, além de apreenderem a quantia de R$ 1.944,00, bem como o RG de um jovem de 22 anos, que foi reconhecido pelo proprietário da joalheria como um dos autores.
Diante do fato o veículo foi removido para a Delegacia de Polícia de Cruzeiro/SP e os autores apresentados a autoridade policial, sendo constatado após consulta, que o infrator de 28 anos tinha um mandado de prisão em aberto oriundo da Comarca de Cruzília/MG.
Durante a fuga pela MG 158, Bairro Tronqueiras, os bandidos realizaram disparos, ocasião em que uma mulher de 38 anos foi atingida de raspão na altura do olho direito, sendo socorrida ao pronto socorro de Passa Quatro/MG e posteriormente encaminhada ao hospital de Itanhandu/MG, onde permaneceu em observação.
O proprietário da joalheria de 31 anos relatou que os autores quebraram as vitrines com o uso de um martelo e levaram diversos relógios e joias, não sabendo mensurar o total levado.
A caminhonete S10, utilizada no roubo, foi apreendida e removida ao pátio credenciado do Detran/MG em Itanhandu.

Fonte: Polícia Militar de Minas Gerais