Após episódio difícil em dia de trabalho, Otávio e Gustavo receberam surpresa do time do coração

Por Beatriz Carvalho — Fortaleza, CE

Dois jovens e um desejo em comum: ser jogador de futebol. Para investir no sonho, Gustavo e Otávio trabalham duro, não apenas dentro de campo, mas fora dele. Os meninos trabalhavam vendendo água para pagar a mensalidade da escolinha do Fortaleza. Um episódio, após o trabalho, deixou os dois tristes.

– Estava vendendo as garrafinhas com meu irmão, o Otávio, quando acabaram as garrafinhas, roubaram nossas bicicletas. Ficamos triste e choramos. Estou orando para que Deus realize nosso sonho. Conhecer o Alcides Santos já é uma realização. Nunca tinha conhecido, é minha primeira visita.

Mesmo com o acontecimento, Otávio e Gustavo não desistiram do sonho. O Fortaleza resolveu dar uma forcinha. O clube, com o apoio do projeto Leão 100 e Leõezinhos, preparou uma grande surpresa para eles. Além de visitar a sede do clube, no Alcides Santos, os meninos receberam duas bolsas para seguirem jogado.

Gustavo e Otávio — Foto: Reprodução/TV Leão

Gustavo se identifica com o ataque, quer ser goleador. Os olhos brilham com os dribles e arrancadas de Osvaldo e Romarinho. Já Otávio ainda está meio dividido. Quer ser atacante ou goleiro e tem como referências Felipe Alves e Osvaldo.

Otávio e Gustavo já foram integrados nas equipes Sub-8 e Sub-13, respectivamente. Os meninos já foram parabenizados pelo empenho em jogar bola, e algumas palavras se repetiram nos conselhos dos treinadores: dedicação, comprometimento e foco no estudo.

– Quero agradecer ao Fortaleza e à escolinha Leõezinhos. Vamos fazer de tudo para conquistar nossos objetivos – finalizou Gustavo.