Esquecer é bem mais cruel

que o querer…

Porque…querer é quando se quer,

e esquecer…

não depende de nós!

Como esquecer,

quando o faro pressente

o teu suor infiltrado no leito,

quando o corpo estremece

ao sentir tua ausência?

Queria…

Queria tanto

ter-te agora…

Presente!

Mas, em plena madrugada

estou só…sedenta e magoada

porque descobri

que nunca fostes meu,

o destino mentiu

uma vez mais para  mim…

Mas, eu amo você,

mesmo assim!